domingo, 25 de novembro de 2012

conheça seu corpo e renda mais na corrida

Olá,
Hoje enquanto corria uma prova de rua reparei que muita gente seguia as instruções encontradas em revistas, sites e afins sobre corrida de rua. Estas pessoas, possivelmente iniciantes nos 10km, corriam um pouco e caminhavam outro tanto. Contudo, eu percebi que quando eles corriam, o ritmo era muito mais intenso do que o ideal, assim, logo eles cansavam e tornavam a caminhar.
Desta forma, considero que um trabalho interessante para quem está nesta fase inicial de aumento da distância, ou para quem deseja melhorar seu ritmo de corrida seria começar a prestar atenção na respiração e na percepção de esforço do corpo. Uma forma de fazer isso é, para quem possui frequencímetro, enquanto corre, verificar qual a velocidade confortável para uma determinada distância, por exemplo: corra de 3 a 5 km e acompanhe sua frequência cardíaca durante este trajeto. Para quem não tem frequencímetro, pode usar o ritmo respiratório como referência, conte o numero de inspirações e expirações por minuto durante alguns intervalos no percurso escolhido. Feito isto, comece a trabalhar com esses valores durante os treinos. Dias em que for correr distâncias maiores que a escolhida para calcular a frequência cardíaca ou o ritmo respiratório, trabalhe com números abaixo dos aferidos e perceba a resposta do seu corpo. Aos poucos você adquirirá consciência do seu ritmo ideal para conseguir fazer a prova toda sem ter que caminhar, ou para quem quer melhorar o tempo gasto na prova sem sofrer muito. 
Bom, por hoje termino aqui. abç e bom treino

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Agora sim!!!!

Agora sim, Meia maratona Internacional de São Paulo (hoje), Circuito Athenas (hoje), dia 13/03 abertura Corpore na Cidade Universitária, chegou o período das provas para a maioria dos corredores e corredoras, amadores e profissionais. Pois bem, este é o momento de planejar quais provas realmente quer participar, seja com relação à superação de metas (distância, tempo, local, etc) e/ou ao tempo e dinheiro disponível para investir nesta jornada. Aconselho a todos buscar nos calendários das empresas responsáveis pelas corridas as datas e os horários de início e fim das provas, assim como os valores da inscrição, as formas de transportes para ir e voltar - tanto da prova quanto da retirada do Kit. Se for de carro, o local em que poderá deixá-lo e se dividirá com amigos ou não este custo. Faça isto,  some todos os gastos e busque possibilidades, mantenha um foco no treinamento, e no orçamento, caso necessário comece a poupar um pouco por mês para sua prova-meta. Desta maneira, será mais fácil de você chegar na frente sem dores de cabeça...panturrilha, coxa, ombros, etc.

Obs*: Parabéns Marílson, pela vitória na Meia Maratona hoje, pelo recorde da prova (1h03m12s) e pelo filho que nasceu dia 20.
Abç a todos e bom treino

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Fim de Férias, início de ano = retorno aos treinos

Olá à todos,
Um feliz 2011, repleto de saúde, força e muitos treinos.
Este é um período em que devemos tomar alguns cuidados, pois, independente de ter parado os treinos ou não, é incontestável que a maioria de nós não administrou muito bem a alimentação, a hidratação, o descanso e assim por diante. Desta forma, é necessário que iniciemos o ano com calma e com a devida atenção ao corpo e ao que ele nos indica. Por exemplo, para aqueles que pararam os treinos, ao voltar a rotina é essencial que perceba quando o corpo, ou a respiração, está mais pesada do que de costume e é melhor diminuir o ritmo ao invés de aumentá-lo tentando render como antes das férias, pois são nestas tentativas que, normalmente, o atleta se machuca. Quanto aos que continuaram treinando, da mesma forma que dito anteriormente, a quebra do ritmo de descanso, alimentação, hidratação leva ao desconforto do organismo e sobrecarga deste, então é importante respeitar seus limites e não tentar força-lo mais, espere umas duas semanas para iniciar o treinamento em si, usem este período do início do ano para retomar as condições anteriores às festas.
Desta maneira, o treinamento iniciará bem mais confortável e ponderado, evitando possíveis transtornos posteriores, como lesão, fadiga excessiva e rendimento abaixo do esperado.
Abraço a todos e bons treinos.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Férias

Olá a todos, visto o período em que nos encontramos, fim de ano, muitas pessoas saem de férias, é comum as saídas com os colegas de trabalho para comemorar o fechamento do ano, festas e mais "comes e bebes" do que de costume, enfim :-). Desta maneira, gostaria de sugerir que, como muitos não conseguem seguir suas planilhas de treino, para que aproveitassem estes dias para descansar da atividade de treino, afinal como dito em outro momento: "o descanso é o segredo do bom treino".
Contudo, descansar não quer dizer manter uma vida sedentária, você pode praticar outras atividades físicas como, por exemplo, se você corre experimente nadar ou pedalar, jogar tenis, etc. O importante é manter o estímulo, mesmo que de forma branda, para que o organismo não sofra muito quando o atleta retomar os treinos normalmente. Podem ser também pequenos trotes durante alguns dias da semana, caso queira correr. Isto serve para os praticantes de outras atividades também, como ciclistas, nadadores, e assim por diante.
Bom, por enquanto é esta minha mensagem.
Boas férias para quem saí, bom trabalho para quem fica e um ótimo Natal e Próspero Ano Novo a todos.
Flavio

Um vídeo para motivar.


video

domingo, 14 de novembro de 2010

Educativos?

O que são Educativos?

          Bem, exercícios educativos, na Corrida, são uma série de exercícios que visam melhorar o padrão de movimento do corredor, ou seja; a distância entre as passadas, qual parte do pé toca o chão no início e no fim da passada, altura da elevação do joelho (flexão do quadril), etc. Este tipo de exercício é muito imoortante, não só para quem quer melhorar o desempenho mas também para quem quer evitar formas de movimento que poderão gerar desgastes acentuados nas articulações e, consequentemente, o surgimento de dores, limitações, etc.
        Existem várias formas de se trabalhar com exercícios educativos, ficando a cargo do professor, técnico, treinador, (quem quer que auxilie o corredor) escolher o mais adequado para o momento. Contudo, existem alguns destes exercícios que são mais conhecidos, pois sempre aparecem em reportagens nos diferentes meios de comunicação, sendo eles: o skip (alto e baixo), o anferson, kick out, hopserlauf, e muitos outros. Estes citados, são muito comuns de serem vistos executados por jogadores de futebol, pelo pessoal do atletismo (aliás, é onde se encontra a modalidade corridas, e a corrida de rua também faz parte desta categoria).
    Bom, não irei descrever cada um dos exercícios, pois cada corredor tem  um ponto a ser trabalhado individualmente, e quem deve orientá-los são seus treinadores, além disso, é possível encontrar vídeos destes na internet, caso alguém queira conhecer. Mas, gostaria de sugerir que cada atleta procure um profissional, de preferência com conhecimento em corrida para orientá-los com relação a qual tipo de exercício dar enfâse, pois é possivel que, caso negligenciado as características de cada corredor, a pessoa, ao invés de melhorar seu rendimento e qualidade do movimento, acabe piorando-a, ou sobrecarregando algum seguimento corporal pela escolha errônea da atividade.
Gd abraço a todos e bom treino

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Você respira de forma correta durante a atividade física?

Quantas vezes você já não viu um, ou uma, colega de corrida passando por você “bufando”, muitas vezes com a língua quase no chão, ou quem nunca experimentou a sensação de garganta seca durante o treino.
Estes são quadros típicos de uma técnica de respiração inadequada para a atividade, e, em períodos de baixa umidade do ar a experiência se acentua.
Bom, mas como respirar então?
O ciclo respiratório correto é inspirar pelas narinas, de forma suave e constante, para que o ar seja aquecido e chegue aos pulmões de forma branda para um maior aproveitamento da troca gasosa (O2/CO2). Enquanto a expiração deve ser realizada pela boca, mas sem forçar a saída do ar, ela deve acontecer pelo relaxamento da musculatura envolvida na respiração. Este tipo de respiração irá auxiliar no conforto da corrida e, também, na manutenção da freqüência cardíaca, que pode ser diminuída através de uma respiração calma e ritmada, podendo retardar a sensação de fadiga.

Bom, agora é só respirar.
Abç e bom treino

domingo, 22 de agosto de 2010

E nos dias muito secos???


            Nos dias em que a umidade do ar está muito baixa, o ideal é evitar atividades intensas (no caso das corridas: “tiros”, intervalados, e os “longões”)  nos horários mais quentes do dia.
Contudo, para quem precisa ou quer treinar, hidrate-se bastante nas horas anteriores ao treino, use roupas leves, mas que protejam do sol. Óculos e chapéu são muito importantes para poupar seus “miolos” de torrarem debaixo do sol. Procure encaixar nestes períodos os treinos de descanso ativo, ou de rodagens curtas. Caso perceba algum desconforto, pare o treino,  descanse e hidrate-se sem exagero e com calma, evite líquidos muito gelados.
            O bom mesmo é evitar estes períodos, mas caso insista, lembre-se das dicas acima e BOM TREINO.